Tudo o que você precisa saber sobre o pH da água da chuva

Reuso Água de Chuva
Reuso de Água de Chuva – Separador de Fluxo (First Flush)
17 de abril de 2017
dimensionar um abrandador de água
Como dimensionar um abrandador de água corretamente
20 de novembro de 2020
O pH da Água de Chuva

O pH da Água de Chuva

Você já se perguntou qual o pH da água da chuva? Ela não pode ser considerada pura, pois água pura não é ácida nem alcalina, mas neutra. À medida em que ocorrem precipitações, a chuva absorve parte do ar atmosférico para si, acarretando a mudança do seu pH. É através deste parâmetro que determinamos se a água é ácida, básica ou neutra.

A acidez ou alcalinidade da água é medida em uma escala que vai de zero a 14. A escala usada é uma medida do potencial Hidrogeniônico, também conhecido como pH. Quando o pH de determinada substância é maior do que sete, ela é considerada uma substância alcalina, ou básica. Se o pH for menor do que sete, a substância é considerada ácida. Porém, se o pH for igual a sete, então a substância é neutra.

Mas afinal, qual o pH da água da chuva?

A água da chuva é um grande lavador de gases, absorvendo para si parte de tudo o que entra em contato com ela. Parte do que ela absorve é o CO2 (Dióxido de Carbono), que entrará em equilíbrio na água com o H2CO3 (Ácido Carbônico), que é um ácido fraco, com o HCO3 (Bicarbonatos) e com o CO32- (Carbonatos). É possível também que a chuva solubilize outras substâncias a ela que poderão aumentar a sua alcalinidade, como a poeira, por este motivo, o pH da água varia de região para região, ficando entre cinco e sete, tornando esta água levemente ácida.

Além do CO2, outras substâncias que impactam no pH podem ser absorvidas pela água da chuva, como o dióxido de enxofre (SO₂) e os óxidos de nitrogênio (NOx). Por este motivo, após grandes queimadas, por exemplo, o pH da água de chuva tende a ser mais baixo. Há inúmeros tipos de substâncias que podem ser absorvidas pela chuva, por isto, deve-se dar a atenção adequada quando a intenção é reaproveitá-la.

Se o pH da água de chuva for menor do que cinco, considera-se que a chuva é ácida. Este tipo de chuva pode causar danos a lagos, pequenos rios e vegetações, dependendo de sua intensidade. Ela pode ocorrer devido à ação do homem, decorrente de queimadas propositais ou através da absorção de gases de combustão emitidos em grandes centros urbanos. Também pode ocorrer devido a fatores naturais, através da emissão de gases de vulcões, queimadas naturais, ou mesmo extensas áreas de vegetação que perderam suas folhas – algo comum em regiões temperadas. Nestes casos, tratamentos especiais devem ser adotados.

Como Neutralizar o pH da Água de Chuva

Existem diversas formas para neutralizar o pH da água de chuva. Em indústrias ou mesmo em Estações de Tratamento de Água municipais costuma-se utilizar barrilha ou soda cáustica. Estes produtos são medidos com o auxílio de uma bomba dosadora, regulada para averiguar a quantidade de produto adequada.

Em residências tais sistemas não são tão comuns, devido ao elevado custo de manutenção e à necessidade de acompanhamento próximo. Por isso, é comum a utilização de sistemas à base de Neutrox. Ele é formado por uma mistura de rochas naturais, que conferem à água minerais na quantidade necessária para neutralizar o seu pH.

A grande vantagem em utilizar sistemas à base de Neutrox é que não há risco de superdosagens e nem subdosagens. Nestes sistemas, a água solubilizará a quantidade necessária até atingir o pH próximo de sete. É um sistema que replica a neutralização do pH da água tal qual ocorre na natureza.

Leia mais: Reuso da Água de Chuva

Compartilhe

Os comentários estão encerrados.

Skip to content