Saúde

Hemodiálise

Os serviços de diálise no Brasil são regulamentados pela Anvisa sob a Resolução da Diretoria Colegiada (RDC) nº 11, de 13 de março de 2014. Porém, é comum que algumas clínicas adotem, além das especificações exigidas pela Anvisa, especificações de outros países/regiões, como Estados Unidos (AAMI RD52 e AAMI 13959) e Europa (ERBP – European Renal Best Practice).

A Liter possui know-how nas normas nacionais e internacionais, podendo customizar seus equipamentos, caso haja necessidade, a fim de atender as exigências dos clientes.

Nos sistemas de purificação de água por osmose reversa é disponibilizado um pré-tratamento inteligente que possibilita fácil substituição dos filtros, sem exigir horas de manutenção para trocar o carvão ativado, zeólita ou resina de abrandamento, reduzindo assim, o custo de manutenção drasticamente, além de poder ser realizada por uma pessoa sem experiência.

No sistema de distribuição de água, o sensor de nível (do tipo radar) não entra em contato com o produto, evitando possíveis contaminações.

Se você tem dúvidas em relação à qualidade da sua água, entre em contato com a LITER para que possamos auxiliá-lo a encontrar a melhor solução.

Carvão Ativado Granulado

Contaminantes como o Cloro Livre e Cloramina, usados na água potável como saneantes, podem potencializar a anemia hemolítica quando estiverem presentes na diálise. O carvão ativado granulado é um método confiável e prático na remoção destes contaminantes.

A qualidade da água é de fundamental importância nos procedimentos de hemodiálise, pois o paciente recebe grandes quantidades deste líquido em seu corpo.

Assim torna-se imprescindível um tratamento adequado na água, onde este pode começar justamente na remoção eficiente do cloro.

A LITER entende que cada aplicação exige necessidades específicas e que o segmento de hemodiálise requer elevada eficiência na remoção de cloro e baixa probabilidade de contaminação microbiológica, por este motivo trabalhamos com três linhas especiais para a área de saúde.

Centros de Material e Esterilização (CME)

A qualidade da água utilizada gera impacto significativo na vida útil da mesma. Sais de dureza e sílica podem incrustar as paredes internas e a resistência do equipamento, ocasionando danos irreversíveis ao mesmo. Portanto, alimentar o seu equipamento com água da rede pública, ou de poço, sem um tratamento adequado, poderá ser prejudicial.

Os Centros de Material e Esterilização (CME) são regulamentados pela Anvisa sob a Resolução da Diretoria Colegiada (RDC) nº 15, de 15 de março de 2012. Porém, é comum que alguns hospitais adotem, além das especificações exigidas pela Anvisa, especificações de outros países/regiões, como a União Europeia, que regulamenta a geração de vapor para esterilização sob a European Norms (EN) 285:2015 e/ou a International Standards (ISO), além da EN 15883-1.

A Liter possui know-how nas normas nacionais e internacionais, podendo customizar seus equipamentos, caso haja necessidade, a fim de atender as exigências do cliente.

Nos sistemas de purificação de água por osmose reversa é disponibilizado um pré-tratamento inteligente que possibilita fácil substituição dos filtros, sem exigir horas de manutenção para trocar o carvão ativado, zeólita ou resina de abrandamento, reduzindo assim, o custo de manutenção drasticamente, além de poder ser realizada por uma pessoa sem experiência.

No sistema de distribuição de água, o sensor de nível (do tipo radar) não entra em contato com o produto, evitando possíveis contaminações.

Se você tem dúvidas em relação à qualidade da sua água, entre em contato com a LITER para que possamos auxiliá-lo a encontrar a melhor solução.