Cervejarias

Em uma cervejaria são necessários diversos tipos de água, como por exemplo a água utilizada para limpeza dos tanques, para resfriamento ou aquecimento da cerveja/mosto e para a produção da própria cerveja.

Cada tipo de água requer um tratamento diferenciado, por exemplo: a água utilizada para resfriamento e aquecimento, além de requerer ausência de cloro para prolongar a vida útil dos equipamentos, também requer a ausência, ou concentrações baixas, de dureza, a fim de minimizar a incrustação nos dutos e equipamentos por onde passará.

Por isso, nós preparamos um resumo para lhe auxiliar a encontrar a solução do seu problema.

Removedor de Ferro e Manganês

Alguns íons dissolvidos podem se depositar sobre as tubulações, tanques e trocadores de calor. O ferro e o manganês possuem esta característica, porém, vão além quando o assunto é água para produção de cerveja.

O íon de ferro pode estar disponível na forma de Fe2+ ou Fe3+ e normalmente é encontrado complexado com matéria orgânica ou como bicarbonato ferroso [Fe(HCO3)2]. Além das incrustações em dutos, equipamentos e membranas, o ferro deixa a água levemente colorida, pode conferir à cerveja um tom mais escuro através da interação de substâncias fenólicas provenientes do malte e lúpulo, pode provocar sabor metálico e adstringente à cerveja, além de conferir turbidez ao produto após a fermentação. Em concentrações mais elevadas (>1 ppm), o ferro pode ser prejudicial à levedura. Algumas literaturas específicas recomendam concentração inferior a 0,1 ppm de ferro na água.

O íon de manganês pode estar disponível na forma de Mn2+ ou Mn4+ e pode ser encontrado complexado com matéria orgânica como bicarbonato de magnésio, cloreto de magnésio e outras formas. Tal qual o ferro, o manganês pode provocar alterações na cor, sabor e turbidez da cerveja, assim, algumas literaturas recomendam faixas de trabalho abaixo de 0,2 ou até abaixo de 0,05 ppm deste íon na água.

Tratamento

Os tratamentos da água com estes contaminantes podem ser realizados através das tecnologias abaixo:

A solução adequada é selecionada a partir da determinação de qual tipo de contaminação por ferro ou manganês forem encontradas na água do cliente.

Se você tem dúvidas em relação à qualidade da sua água, entre em contato com a LITER para que possamos auxiliá-lo a encontrar a melhor solução.

Removedor de Dureza

A dureza na água está principalmente relacionada aos íons de cálcio (Ca2+) e magnésio (Mg2+), que normalmente são desejados (na água, para produção da cerveja) por grande parte dos cervejeiros. Porém, estes íons podem causar problemas a processos específicos, como boilers, caldeiras, torres de resfriamento, chillers, entre outros.

Normalmente a solubilidade de sais formados por estes íons é relativamente baixa, então, a probabilidade deles se depositarem sobre as paredes dos tubos e equipamentos por onde passam é relativamente alta.

Tratamento

Os tratamentos da água com estes contaminantes podem ser realizados através das tecnologias abaixo:

A solução adequada é selecionada a partir das especificações do processo do cliente.

Se você tem dúvidas em relação à qualidade da sua água, entre em contato com a LITER para que possamos auxiliá-lo a encontrar a melhor solução.

Corretor de pH

O controle de pH nas águas de uma cervejaria é crucial para o bom funcionamento de seus processos. O pH pode determinar se o caráter da água é mais corrosivo ou incrustante, além de ser crucial para o bom funcionamento das enzimas durante o processo de mosturação.

Cada processo requer um pH específico, por exemplo: as caldeiras requerem pH de 10 a 11,5, torres de resfriamento requerem pH de 7 a 8,2 e a etapa de mosturação requer um pH de 5,2 a 5,4 (medição na temperatura da etapa) para uma melhor atividade enzimática. Além de monitoramentos em outras etapas, como o início e o final da fermentação, por exemplo.

Tratamento

A correção do pH pode ser realizada através da utilização de um sistema de dosagem de químicos com controle automático ou manual.

A solução adequada é selecionada a partir das especificações do processo do cliente.

Se você tem dúvidas em relação à qualidade da sua água, entre em contato com a LITER para que possamos auxiliá-lo a encontrar a melhor solução.

Removedores de Cloro

Toda água de rede pública possui alguma proteção contra contaminação microbiológica, onde a proteção mais comumente utilizada é o Cloro Livre.

Normalmente estas proteções atuam na oxidação dos microrganismos, sendo assim, estes produtos possuem forte potencial oxidativo, podendo prejudicar a superfície dos equipamentos e até a oxidação da matéria-prima utilizada na produção de cerveja, como o lúpulo e o malte.

Toda forma de eliminação de Cloro Livre da água resultará na formação de algum subproduto, onde o mais comum é o Cloreto (Cl).

Tratamento

A remoção de Cloro Livre da água pode ser realizada através das tecnologias abaixo:

  • Remoção de Cloro Livre por Filtro de Carvão Ativado (Residencial e Comercial).
  • Remoção de Cloro Livre por Luz Ultravioleta.
  • Remoção de Cloro Livre por Dosagem de Bissulfito de Sódio.

A solução adequada é selecionada a partir das especificações do processo do cliente.

Se você tem dúvidas em relação à qualidade da sua água, entre em contato com a LITER para que possamos auxiliá-lo a encontrar a melhor solução.

Desmineralizadores

À medida que a cervejaria procura deixar o seu produto final com características mais específicas, a exigência no controle do processo aumenta, assim, muitos cervejeiros procuram a desmineralização da água para depois remineralizá-la de acordo com a sua especificação, que é proveniente do estilo de cerveja que se busca produzir.

Tratamento

A remoção total dos íons presentes na água pode ser realizada através do sistema de osmose reversa, que pode ser simples ou duplo passo, de acordo com a necessidade do cliente.

A solução adequada é selecionada a partir das especificações do processo do cliente.

Se você tem dúvidas em relação à qualidade da sua água, entre em contato com a LITER para que possamos auxiliá-lo a encontrar a melhor solução.

Removedores de Contaminação Microbiológica

Apesar do processo de fabricação de cerveja passar por algumas etapas com temperaturas elevadas e por um período prolongado, há alguns microrganismos que podem resistir a estas etapas e serem carregados para o processo de fermentação, podendo assim ocasionar contaminação microbiológica no produto final.

Dependendo da etapa em que se deseja aplicar o equipamento para eliminação de contaminantes microbiológicos, deve-se optar por uma tecnologia diferenciada.

Tratamento

A remoção da contaminação microbiológica da água pode ser realizada de diversas formas. A Liter procura prover somente os métodos mais eficientes, como os mencionados abaixo:

A solução adequada é selecionada a partir das especificações do processo do cliente.

Se você tem dúvidas em relação à qualidade da sua água, entre em contato com a LITER para que possamos auxiliá-lo a encontrar a melhor solução.